11
JUN
2015

Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes

coração de jesusPor ocasião da solenidade do Sagrado Coração de Jesus, segundo o pedido e a promessa do Senhor; esta data foi estabelecida por São João Paulo II.

  1. «Dar-vos-ei pastores segundo o Meu coração» (Jer3, 15).

Com estas palavras do profeta Jeremias, Deus promete ao seu povo que jamais o deixará privado de pastores que o reúnam e guiem:  «Eu estabelecerei para elas (as minhas ovelhas) pastores, que as apascentarão, de sorte que não mais deverão temer ou amedrontar-se» (Jer 23, 4).

A Igreja, Povo de Deus, experimenta continuamente a realização deste anúncio profético e, na alegria, continua a dar graças ao Senhor. Ela sabe que o próprio Jesus Cristo é o cumprimento vivo, supremo e definitivo da promessa de Deus: «Eu sou o Bom Pastor» (Jo 10, 11). Ele, «o grande Pastor das ovelhas» (Heb 13, 20), confiou aos apóstolos e aos seus sucessores o ministério de apascentar o rebanho de Deus (cf. Jo 21, 15-17; 1 Ped 5, 2).

Sem sacerdotes, de fato, a Igreja não poderia viver aquela fundamental obediência que está no próprio coração da sua existência e da sua missão na história – a obediência à ordem de Jesus : «Ide, pois, ensinai todas as nações» (Mt28, 19) e «Fazei isto em minha memória» (Lc 22, 19; cf. 1 Cor 11, 24), ou seja, a ordem de anunciar o Evangelho e de renovar todos os dias o sacrifício do seu Corpo entregue e do seu Sangue derramado pela vida do mundo.

Pela fé, sabemos que a promessa do Senhor não pode deixar de cumprir-se. Esta promessa é exatamente a razão e a força que faz a Igreja alegrar-se perante o florescimento e o aumento numérico das vocações sacerdotais, que hoje se registra em algumas partes do mundo, e representa o fundamento e o estímulo para um seu ato de maior fé e de esperança mais viva, diante da grave escassez de sacerdotes que pesa noutras partes.

Todos somos chamados a partilhar a confiança plena no ininterrupto cumprimento da promessa de Deus, e ciente da atividade constante do Espírito Santo na Igreja, intimamente crê que nunca faltarão completamente na Igreja os ministros sagrados. Apesar de se verificar escassez de clero em várias regiões, a ação do Pai, que suscita as vocações, jamais cessará na Igreja» .

Queira a Virgem Santa lançar o seu olhar carinhoso sobre todos nós, seus filhos prediletos, nesta festa anual do nosso sacerdócio. Coloque, em nosso coração, sobretudo um grande anseio de santidade.

Nesta perspectiva, vem a ser muito oportuna a proposta, sugerida pela Congregação para o Clero, de se celebrar, em cada diocese, um «Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes», por ocasião da festa do Sagrado Coração de Jesus ou noutra data mais apropriada às exigências e costumes pastorais do lugar.S Joao Paulo II

Faço minha esta proposta, almejando que tal iniciativa ajude os sacerdotes a conformarem-se cada vez mais plenamente com o coração do Bom Pastor. Invocando sobre todos vós a proteção de Maria, Mãe da Igreja e Mãe dos sacerdotes, afetuosamente vos abençôo. (Papa João Paulo II)

 Vaticano, 25 de Março de 1995 – solenidade da Anunciação do Senhor.

CONVITE – Anualmente retomamos, na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, esta iniciativa, para aumentar no coração dos fiéis a estima e a oração pelos sacerdotes, onde se manifeste a caridade pastoral que ardia no coração de Jesus Cristo.

Nesta sexta feira  – Dia 12 de Junho

durante todo o dia (de hora em hora)

na Capela da Adoração Perpétua

Terço pelos sacerdotes (individual ou coletivo)

O futuro do clero  na nossa arquidiocese depende em grande parte da intensidade da nossa oração. Não podemos dispensar-nos daquilo que o próprio Deus nos confiou, como responsabilidade e encargo.

Com a intercessão da Virgem Santíssima e de São João Paulo II.

 

Comments